Aviso Soul Gothic

Daniel Johns do Silverchair, toca “Freak” pela 1ª vez em anos

Daniel Johns
Data: 08/02/2019

 

Retorno ao rock? Daniel Johns, do Silverchair, toca “Freak” pela 1ª vez em anosimagem divulgação

 

Silverchair foi uma das bandas de rock mais populares da virada de século, mas está oficialmente com suas atividades paralisadas desde o dia 25 de maio de 2011 e sem nenhuma perspectiva de retorno. No entanto, sempre que rola alguma movimentação de um de seus integrantes flertando com a banda, isso acaba sendo muito festejado pelos fãs.

E algo novo, ou talvez improvável, acabou rolando recentemente na Austrália, quando o vocalista Daniel Johns resolveu tocar “Freak”, o maior clássico dos caras. Um vídeo – com imagem bem ruim de um stories do Instagram – circula na internet e gera especulações sobre um possível retorno do grupo australiano.

Para Jeff Apter, que escreveu um livro sobre o Silverchair há 15 anos, Tomorrow Never Knows: The Silverchair Story, e assina agora uma biografia de Daniel Johns, isso não é nada provável.

Numa entrevista ao The Herald, reproduzida no início de dezembro do ano passado pela Alternative Nation, Apter revelou que teve muita dificuldade nesse seu novo trabalho, devido ao fato de o baterista Ben Gillies e o baixista Chris Joannou não mostrarem o mínimo interesse em falar sobre o grupo. Até mesmo o empresário do Silverchair, John Watson, não quis se pronunciar. “Foi um não-coletivo”, disse o escritor.

“A tensão e as questões que levaram ao fim da banda ainda estão fervendo”, revelou. Para Apner, o desinteresse de Johns por músicas orientadas por guitarras pode ter pesado nisso. “Eu só posso especular sobre o que rolou entre eles, porque apenas três ou quatro pessoas sabem o que realmente aconteceu com o Silverchair. Deve ter sido algo realmente ruim”, comentou.

Silverchair estava produzindo seu sexto álbum de estúdio no início de 2011, tinha cerca de 50 músicas para fechar a seleção de repertório, além de desfrutar de um sucesso relativamente bom do álbum Young Modern, lançado em 2007. Portanto, não havia problema com aceitação popular ou dinheiro, foi algo relacionado à musica mesmo, analisou o escritor. “A única razão pela qual a banda retornaria é se houvesse musicalmente uma razão para que isso ocorresse”, diz Apner. Ele concluiu: “Seria bom aguardar alguns anos para pensar numa reunião da banda. Isso pode ser inevitável porque nem todos estavam prontos para desistir”.

Em 2015, mesmo fazendo covers do grunge ao piano, Daniel Johns descartou um retorno do Silverchair e lançou um álbum solo com sonoridade distante do rock, Talk. Pra completar, no início do ano passado o cara promoveu um novo projeto musical com experimentação eletrônica chamado Dreams com seu compatriota Luke Steele, parte da dupla Empire Of The Sun.

Confira no vídeo abaixo que Daniel Johns ainda lembra muito bem como cantar e tocar o maior sucesso do Silverchair:

No player abaixo, você confere o clipe oficial do Silverchair mandando “Freak”:

Aqui você tem o projeto Dreams de Daniel com Luke Steele, que flerta com a música eletrônica no single “No One Defeats Us”:

 

 

 

Url dessa notícia: https://www.soulgothic.com.br/noticia/artigo/676-Daniel%20Johns.html

Comentarios